Fórum Ética
Recomendar esta página no Facebook       


27.11.2014

Robert van Dijk, um caminho novo para a prosperidade

 

 

 

Extrovertido, intuitivo, sentimental e perceptivo... este é um perfil de personalidade inesperado quando se entrevista o diretor de um banco.

 

Mas Robert van Dijk, Diretor Executivo do Banco Votorantim e Diretor Geral da Votorantim Wealth Management, não se enquadra em qualquer estereótipo.

 

Com uma carreira brilhante no mercado financeiro, Robert começou a ocupar espaço na mídia por uma outra atividade que ele exerce... a de levar o público presente em suas palestras a uma profunda reflexão.

 

Por que o dinheiro é tão importante? Como é a nossa relação com o dinheiro e como poderia ser? Qual é a relação entre o PIB e o índice de felicidade de uma sociedade? Um questionamento curioso, vindo do executivo de um banco... Mas isso é só o começo...

 

Robert acredita que os modelos atuais, baseados em competições destrutivas, estão esgotados. Por isso, ele defende a implantação de um novo modelo de trabalho, cooperativo, que permite a competição colaborativa.

 

“A missão de uma empresa é a razão de ser desta empresa, e não a razão de fazer. Uma empresa tem um corpo e uma alma. Quem constitui isso são as pessoas que a compõem. E a partir das nossas diferenças é que construímos algo melhor. Por isso, cada colaborador é importante. O sorriso da Cidinha (moça do café), por exemplo, faz diferença em uma reunião tensa.”

 

Este é um conceito importante, que faz parte do Código de Conduta do Banco Votorantim e é levado a sério por todos os profissionais da empresa:

 

  • As empresas do Consolidado Banco Votorantim tratam com dignidade seus colaboradores e propiciam um ambiente de trabalho com oportunidades iguais de crescimento profissional e pessoal e de respeito à liberdade individual e coletiva.
  • O Consolidado Banco Votorantim reconhece, aceita e valoriza a diversidade do conjunto de pessoas que compõem cada uma de suas empresas.

 

Aos poucos, a teoria dá lugar à prática e os resultados positivos obtidos por Robert, ao longo dos anos, servem de base sólida para um novo caminho, o da prosperidade consciente.

 

“Cada um de nós precisa voltar a se conhecer, rever o que busca, significar a sua essência de vida. Este é o ponto de partida para poder colaborar. Partindo do que você é, você pode desenvolver suas potencialidades, atento às necessidades do meio à sua volta, para poder servir, da melhor maneira possível. Buscar a superação sempre. Melhorar sempre.”

 

Ou seja, estamos falando de equipes motivadas, integradas, que buscam o resultado juntas, sem perder de vista o propósito da empresa!... Até aqueles que acham o Robert um sonhador se calam diante desta lógica.

 

“O que eu proponho é uma nova atitude, em relação à própria vida, que vai gerar mudanças em todas as esferas, inclusive no trabalho. Porque tudo é uma coisa só. Eu sou a mesma pessoa aqui, em casa, no meu relacionamento social. Este é o caminho para a verdadeira integridade: ser inteiro.”

 

A vida pessoal de Robert van Dijk é repleta de histórias fantásticas, passagens extraordinárias e algumas vivências que não podem ser contadas.

 

“Eu sou um eterno aprendiz. Desde jovem, eu me questionava sobre a vida. O que é o tempo? O que eu estou fazendo aqui? Tive a oportunidade de conhecer as mais diversas culturas, religiões, escolas e movimentos. Conheci mestres que me ajudaram, me orientaram. Juntei-me a outras pessoas, que também acreditam que devemos fazer algo para nos tornarmos melhores e melhorar o mundo.”

 

 

Robert e o físico indiano Amit Goswami, Ph.D em física quântica, tornou-se mundialmente conhecido ao participar e expor suas ideias no filme Quem Somos Nós? (What the Bleep Do We Know?).

 

 

Robert van Dijk é um dos palestrantes do 1o Fórum de Ética no Live MKT, que será realizado no dia 04 de dezembro, no Teatro Cetip, no Instituto Tomie Ohtake.

 

Participe! Venha conhecer boas práticas e preparar a sua empresa para 2015.

 

 

 

Leia também:

EDITORIAL - Como ser ético em um meio que não é ético?

1o Fórum de Ética no Live Marketing, agenda e inscrições

Profissionalismo ou Barbárie, entrevista com Paulo Rovai

Lei agora pune empreas corruptas, entrevista com Angela Bonaggio

O que faz alguém ser íntegro?, entrevista com Cely Ades

Corrupção e carreira, artigo de Silvio Celestino

 

 

 





< voltar

Fórum Ética
Notícias, artigos e entrevistas sobre o 1o Fórum de Ética no Live Marketing.
AUTOR



Fortunée Levi
Diretora de Redação da Tempos & Movimentos.