Vozes da Tempos
Recomendar esta página no Facebook       


22.04.2015

O que o seu cliente está planejando para este período de crise?

 

 

Para o mercado de live marketing, o ano finalmente começou (em abril!...). Mas o clima de incerteza permanece e os presidentes e diretores das agências estão inquietos. Como será 2015? E 2016? O que será que o cliente está planejando para atravessar este período de crise?

 

Tempos & Movimentos foi convidada para dar apoio de mídia a uma iniciativa que pode trazer as respostas que o nosso mercado está buscando: Leader Thinking. Entrevistamos Paulo Rovai, Curador do Projeto Leader Thinking e Sócio-Diretor da Trend Quest, para apresentar para o nosso mercado este projeto inovador.

 

 

 

 

Como surgiu este projeto?

Em 30 anos, nunca vi uma conjunção tão desfavorável de fatores. No Fórum de Ética no Live Marketing, que realizamos em dezembro, encontrei profissionais desestimulados, a ponto de desistirem e procurarem outras atividades. Conversei com diretores de agências que sabiam que precisavam adotar planos de contingência e tomar decisões estratégicas. Mas quais?… Cortar custos? Em que segmentos? Pensar em inovação ou focar no curto prazo? Qual será a expectativa do cliente?

 

E começamos a pensar em como colaborar com o mercado, para reverter esta situação. Nesta hora, nasce dentro de você uma atitude de fazer alguma coisa. Partimos da nossa expertise, que é a de engajar líderes para compartilhar conhecimentos e assim promover o crescimento profissional mútuo. E estudamos uma forma de catalisar esse corpo de conhecimento e transformá-lo em um movimento positivo para todo o mercado.

 

Nasceu o Leader Thinking, um Fórum que inspira e aponta perspectivas para decisores.


 

No que consiste o Leader Thinking?

Desenvolvemos uma etnografia empresarial. Preparamos uma pesquisa para saber como os líderes de grandes empresas - CEOS e Gestores de Marketing e Recursos Humanos - estão percebendo a crise e como essas percepções afetam as decisões que serão tomadas por eles.

 

Entrevistamos, entre março e abril deste ano, 300 executivos entre CEOS, Diretores e Gerentes de Marketing e de Recursos Humanos de empresas que, em sua maioria, faturam mais de 1 bilhão de reais, tem mais de 1000 funcionários e representam 27 dos mais importantes segmentos, como tecnologia, alimentação, farmacêutico, educação, automotiva, química, indústria pesada, varejo, construção e engenharia. Portanto estamos falando de um levantamento exclusivo e atual.

 

 

Que tipos de perguntas foram feitas para estes executivos?

A pesquisa traz perguntas como, por exemplo, o quanto a percepção da corrupção afeta ou não as iniciativas que serão tomadas? Como vão se comportar seus investimentos em 2015? E em 2016 e 2017? Se você não estiver atingindo suas metas, qual é o seu plano de contingência? O que você vai cortar, o que você vai manter e o que você vai aumentar? Se você estiver superando as suas metas, o que muda? Como principal executivo de sua empresa, qual será o seu foco de atenção em 2015? E nos dois anos seguintes?

 

Como um dos nossos focos é Marketing, elencamos uma série de questões cujos resultados interessam diretamente às agências de live marketing como, por exemplo, o que vai acontecer com os eventos institucionais, de treinamento e de vendas? Você vai manter os lançamentos de produtos? Não vai? Como serão os seus investimentos em Promoção? E em Propaganda? Qual é a tendência para os patrocínios? Eles vão se manter nos próximos 3 anos?

 

 

Como estes resultados serão utilizados?

Estes dados estão sendo tabulados com rigor científico, metodológico e estatístico, o que vai permitir que se estabeleça relações causais.

 

O resultado desta pesquisa será apresentado no Fórum Leader Thinking, em quatro etapas:

1 - Resultado do estudo

2 - Análise dos pontos críticos

3 - Transformando incertezas em oportunidades

4 - Fatores chave de sucesso

 

Em outras palavras, Entenda, Antecipe, Lidere.

 

 

Como foi a reação dos líderes entrevistados?

Em uma pesquisa como essa, é esperada uma determinada taxa de adesão. O nível de engajamento desses executivos foi surpreendente! O que nos faz pensar que a percepção que estes líderes tiveram, da nossa iniciativa, é que este trabalho será algo extremamente útil para todos.

 

O que nós estamos fazendo é construindo um corpo de conhecimento, com base na colaboração destes líderes, e devolvendo de forma ordenada para todo o mercado.

 

 

Quem são os profissionais envolvidos no projeto Leader Thinking?

Além de mim, o Fórum conta com a curadoria de Otávio Freire (Professor de Marketing da USP, Doutor em Comunicação pela USP, diretor da ILUMEO - Assessoria em Marketing e Comunicação), Silvio Celestino (Sócio-Diretor da Alliance Coaching), Paula Caetano (consultora, palestrante e coach) e Valéria Brandini (Cientista Social e especialista em Antropologia do Consumo).

 

Entre os palestrantes e painelistas convidados estão André Freire (Presidente da Odgers Berndtson), Ana Nubié (Chief Strategy Officer da Moma Propaganda), Claudio Oporto (Ex-Presidente da L´Occitane do Brasil e da Eudora- Grupo Boticário), Marcelo Coutinho (Professor de Estratégia e Comunicação na Fundação Getulio Vargas – FGV) e Nara Luiza Almeida (Gerente de Publicações da Aberje – Associação Brasileira de Comunicação Empresarial).

 

 

Fórum Leader Thinking

Data: 13 (Presidentes, Marketing) e 14 de maio (Presidentes, RH)

Local: Teatro das Artes – Shopping Eldorado (Av. Eusébio Matoso, 3.970 – Pinheiros – São Paulo/SP)

Inscrições: www.leaderthinking.com.br

Os leitores da Tempos & Movimentos têm um desconto especial de 15%. Ao fazerem sua inscrição, basta digitar o código promocional POL197.

 

 

 

 

 

 





< voltar

Vozes da Tempos
O nosso movimento cresce e adquire mais força a cada novo colaborador que compartilha sua experiência, sua visão, suas impressões com os nossos leitores. Colaboradores são as vozes do mercado de live marketing.
AUTOR



Fortunée Levi
Diretora de Redação da Tempos & Movimentos.