Em Foco
Recomendar esta página no Facebook       


30.05.2014

Mauricio Magalhães, alguém que faz a diferença

O sucesso coloca uma pessoa em destaque. O carisma mantém os holofotes acesos. Mas quando alguém que chegou no topo, resolve ensinar, investir na formação de quem está chegando, compartilhar seus resultados e colaborar com a transformação do meio, esse alguém faz a diferença e conquista o reconhecimento de todos.

 

 

Mauricio Magalhães, 53 anos, baiano, estudou no Colégio Marista, em Salvador. Em plena ditadura, teve o privilégio de crescer e se desenvolver intelectualmente em um clima de democracia (dentro da escola...) e de efervescência cultura.

 

Foi presidente do grêmio e coordenou festivais de teatro, de fotografia, esportes e debates políticos na escola.

 

No mercado de commodities, onde trabalhou nos anos 80, aprendeu a competir, um aprendizado fundamental para sobreviver no meio da selva que se tornou o mercado de live marketing.

 

Na TV Globo Bahia, Mauricio viu a estratégia ser levada a sério. Aprendeu a criar táticas atreladas a estratégias a médio e longo prazo.

 

Quando entrou no mercado de comunicação, encontrou pessoas interessantes, trabalhadores geniais, gente dedicada. Mas estranhou (e continua estranhando!) um fato:

“Tudo acaba no dia 31 de dezembro. Não existe uma estratégia a médio ou longo prazo. O seu horizonte sempre termina em cima de uma meta. Fazendo isso, você joga fora todo um acervo de inteligência.

Vivemos um tempo de banalização. Banalização pelo cliente, pelo chefe, por você mesmo. Estamos perdendo o senso crítico, de análise. Vivemos dentro de uma planilha, sujeitos às regras cada vez mais insanas dos departamentos de compras.”

 

Uma limitação que acaba afetando o profissional de eventos que hoje, vive confinado no escritório, sem ler nada, sem viajar, sem mergulhar, se alimentando de estereótipos. Ou seja, na contramão da comunicação!!!

 

“Para comunicar, é preciso ver, viver e compartilhar. Para isso, o profissional da área de comunicação precisa de uma formação mais ampla, ele precisa entender que época ele está vivendo, ele tem que estar conectado, contextualizado.”

 

A comunicação mudou e a maioria das faculdades não se deu conta disso ainda. O Live Marketing é o complemento perfeito do digital. Mas nada disso é abordado nos cursos.

 

“Eu vejo isso nos estagiários que chegam aqui na Tudo, completamente despreparados. É preciso que haja uma continuidade do aprendizado. O estudante de comunicação precisa aprender a contextualizar, a se conectar.”

 

Mauricio leva a sério essa missão de formador. Na Tudo, é comum vê-lo no jardim, cercado por uma roda imensa de funcionários (todos fãs de carteirinha!), percorrendo um conceito ou falando sobre uma determinada temática.

 

Mas o jardim da Tudo tornou-se pequeno... Desde o início de 2013, Mauricio também pode ser visto nos encontros dos profissionais da área, circulando nos principais eventos da Ampro, conversando e atendendo sempre muito bem todos que se aproximam e querem aprender um pouco mais sobre comunicação.

 

 

 

Conversar com o Mauricio é viver um pouco da euforia intelectual produtiva que permeia o seu dia a dia. E em meio a tantos conceitos (que chegam a deixar a gente meio tontos...), uma revelação, que explica muita coisa:

“Fé e progresso caminham juntos. Eu me sinto participando de um mundo possível. Contribuo ativamente, sem medo de represálias, porque sinto que estamos recomeçando para um novo futuro.”

 

Depois dessa aula de comunicação e cidadania, a vontade é de compartilhar esse saber com todo o mercado. Como fazer isso? A sugestão partiu do próprio Maurício:

“O que você acha de organizarmos encontros com os estudantes de Comunicação das principais faculdades, aqui na Tudo? Vamos convidar 15, 20 alunos por vez, pra uma tarde aqui na Tudo. Vamos conversar com eles sobre o que realmente é a Comunicação, onde eles precisam se focar, como eles podem se preparar melhor para ingressar nesse mercado, quando se formarem.”

 

Uma iniciativa brilhante, ainda mais vinda de um profissional que tem uma agenda complicadíssima (!...). Mas é nessas horas que alguém faz a diferença, quando coloca sua energia a favor dos outros.

 

Tempos & Movimentos vai apoiar esse movimento e colaborar com a formação dos novos comunicadores do mercado de live marketing.

 

 

 

 

 





< voltar

Em Foco
Fortunée Levi, Diretora de Redação da Tempos & Movimentos, desenha o perfil do entrevistado! Esta seção é dedicada para o profissional que se destaca em suas ações e que contribui com o crescimento do mercado.
AUTOR



Fortunée Levi
Diretora de Redação da Tempos & Movimentos.