Em Foco
Recomendar esta página no Facebook       


06.07.2014

Cercado pelo stress, cuidando do equilíbrio

Os tempos estão difíceis, e não é só pra você, leitor. O mercado está em compasso de espera, com os investimentos temporariamente suspensos. Os clientes também estão sofrendo em meio a tantas incertezas e acabam despejando suas inseguranças sobre a agência.

 

Os profissionais que lidam diretamente com os clientes precisam estar preparados para lidar com o stress do cliente.

 

 

Lutti Colautto, diretor da Lâmpada Comunicação, observou a pressão do mercado aumentar, a temperatura de alguns clientes subir, a opressão e a apreensão rondar as agências.

 

“Cada cliente vem com um conjunto de expectativas, de medos, de frustrações. E a gente tem que aprender a lidar com os anseios, com as vaidades, com os egos de cada um. Faz parte do job description de um bom atendimento hoje.”

 

Ele foi buscar um elemento que trouxesse equilíbrio para a vida dele e acabou encontrando no ciclismo um ponto de equilíbrio físico e emocional, tanto pessoal quanto profissional.

 

 

 Lutti no Granfondo New York 2014

 

 

“No ciclismo, você tem que saber onde você quer chegar, por onde você vai passar, se vai parar ou não, que roupa você deve usar. Aprende metodologias, para se tornar cada vez mais eficaz. Você tem que se organizar, se preparar, criar um contexto paralelo. Você desenvolve coerência, amplia a sua consciência sobre o seu corpo e sobre a sua mente.”

 

O ciclismo começou como um hobby de final de semana mas acabou se tornando parte da vida do Lutti. Em maio deste ano, ele participou do Granfondo New York, uma prova internacional de ciclismo. Ele se inscreveu para correr 50 milhas, e acabou fazendo as 100 milhas.

 

“Bike é um esporte de performance. Você tem que se superar, ir além da sua capacidade. Você está pedalando e percebe que é capaz de muito mais. Você precisa encarar seus medos, romper as barreiras psicológicas. Daí você consegue ir além, vencer.”

 

Lutti passou a fazer associações com o seu trabalho e os primeiros resultados desta mudança interna apareceram naturalmente.

 

“Estávamos em reunião, na agência, e uma pessoa da minha equipe soltou um 'eu não consigo fazer isso'. A minha reação foi imediata. Eu disse pra ele: 'é lógico que você consegue, você tem que ter um objetivo e você vai em busca disso'. Todo mundo tem medos, limites. E todo mundo pode se superar, romper suas barreiras, vencer.”

 

O segredo está em manter o foco, a clareza sobre onde se quer chegar. Entender que a solução está sempre dentro da gente, e não fora. E se preparar.

 

“Pela informalidade do nosso trabalho, as pessoas acham que não precisam se preparar, se planejar. Muitos profissionais de eventos ainda têm uma postura de 'quando acontecer o problema, eu resolvo'. O esporte te dá essa noção de planejamento, de disciplina. Você aprende a se conectar, a ficar atento, concentrado, focado.”

 

 

 

 

Existem muitas formas de se conseguir o equilíbrio. O esporte é apenas uma delas. Mas ele traz algo que é muito familiar no dia a dia de uma agência de live marketing:

 

“O paralelo com o nosso mercado é evidente. Quando a gente recebe um briefing, ele se torna um desafio a ser superado. O que a gente quer com aquele briefing? Visibilidade? Rentabilidade? Realização? Para você vencer uma concorrência, você precisa planejar recursos, capacidades, ter competitividade.”

 

Mas o que poderia ser só um belo discurso, tornou-se um jeito diferente de viver, de se relacionar, de trabalhar. Uma mudança percebida pelo meio em que ele vive:

 

“Quando você consegue se superar, seja no esporte, no trabalho, ou na sua vida pessoal, você passa a ser um exemplo para as pessoas à sua volta, como uma fonte de inspiração. Algo inesperado pra mim, algo novo, sinal de que realmente vale a pena acreditar.”

 

 

  

 

Lutti Colautto e Fortunée Levi, diretora de Redação da Tempos & Movimentos

 

 

Fotos: Édi Pereira

 





< voltar

Em Foco
Fortunée Levi, Diretora de Redação da Tempos & Movimentos, desenha o perfil do entrevistado! Esta seção é dedicada para o profissional que se destaca em suas ações e que contribui com o crescimento do mercado.
AUTOR



Fortunée Levi
Diretora de Redação da Tempos & Movimentos.