Fórum Ética
Recomendar esta página no Facebook       


07.12.2014

1o Fórum de Ética no Live MKT, um marco na nossa história

 

Pela primeira vez na história do Live Marketing agências, clientes e renomados profissionais se reuniram para discutir ética.

 

Realizado pela Tempos & Movimentos, Comitê de Marketing da ExGV e AMPRO, o 1º Fórum de Ética no Live Marketing recebeu presidentes, diretores e gerentes de marketing de empresas, CEOs e diretores de agências de Live Marketing, empresários do setor, profissionais especializados em marketing, professores doutores e a célebre presença do professor emérito e fundador da EASP/FV, Claude Machline.

 

O Teatro Cetip, no Instituto Tomie Ohtake, se transformou no dia 4 de dezembro em um palco para troca de informações e experiências sobre ética no Brasil, boas práticas, Lei Anticorrupção, perspectivas para 2015 e profissionalismo.

 

 

Fortunée Levi, Diretora de Redação da Tempos & Movimento, deu as boas-vindas e enfatizou

a importância da presença de cada um neste evento.

 

 

Paulo Rovai, presidente do Comitê de Marketing da ExGV, contou a origem do Fórum

e conduziu os trabalhos.

 

 

Valéria Brandini trouxe a visão cultural e histórica da ética no Brasil.

 

 

Com a palestra “A Ética na Perspectiva do Brasileiro”, Valéria Brandini, de uma forma muito leve e precisa, deu o tom dos trabalhos e levou a plateia a uma reflexão. O famoso “jeitinho brasileiro” faz parte da nossa cultura e permeia nossas relações comerciais. Quando é o outro que leva vantagem, não gostamos. Mas quando somos nós a levar vantagem, não vemos problema algum.

 

Ou seja, para mudar o “padrão” atual de ética, é preciso começar por si próprio. Colocar a sua empresa em ordem, agir com transparência, criar relações sustentáveis, baseadas na competência e na parceria, com lucratividade para todos, é o primeiro passo para poder cobrar do outro uma conduta ética.

 

 

 

 

Luiz Coelho, Marcelo Coimbra, Angela Donaggio e Paulo Focaccia chamaram a atenção dos convidados

para a questão legal da corrupção.

 

 

O painel "Ética Não é Só Questão de Escolha - Governança e Transparência”, com os advogados Luiz Coelho, Marcelo Coimbra, Angela Donaggio e Paulo Focaccia, trouxe para a platéia a necessidade legal de ser ético, os mecanismos de compliance e as altas punições previstas na Lei Anticorrupção para as empresas que cometem atos ilícitos.

 

Apesar do tema árido e espinhoso, a reação dos convidados surpreendeu os organizadores do Fórum. Muitos comentaram, durante o coffee break e ao final do fórum, a falta que sentiram de poder interagir, fazer perguntas, se aprofundar no tema.

 

Para atender a esta expectativa do público, Paulo Rovai, que conduziu a manhã de trabalhos, abriu a possibilidade de todos os interessados enviarem e-mail para a Tempos & Movimentos. Estas perguntas serão encaminhadas aos palestrantes e respondidas em formato de artigos publicados na Tempos & Movimentos.

 

 

 

 Graziela di Giorgi apontou a importância de apresentar e aceitar ideias inovadoras.

 

 

 

Graziela Di Giorgi encantou a plateia com suas provocações e observações. Com certeza, cada um foi pra casa pensando se comeria o marshmallow ou se esperaria para ganhar o segundo pedaço. E com essa reflexão, cada um respondeu à pergunta tema da palestra: “sua empresa está preparada para 2015?”.

 

 

 

 Rafael Teixeira impressionou a plateia com sua desenvoltura e lógica brilhante.

 

 Chieko Aoki, impecável e carismática, como sempre.

 

Robert van Dijk surpreendeu os convidados com o caminho apresentado por ele.

 

 

O tema “Profissionalismo - Melhores Práticas”, foi conduzido por Chieko Aoki, presidente do Blue Tree Hotels, Robert Van Djik, que é diretor executivo do Banco Votorantim, diretor geral da Votorantim Wealth Management e diretor da BVEP, e pelo Managing Director & CFO na Volkswagen Financial Services, Rafael Teixeira.

 

Esses três lideres deram o seu testemunho e mostraram que ser ético e bem-sucedido não só é possível, mas é o único caminho verdadeiro, estável e duradouro. Esperamos ter quebrado o paradigma que estava se formando no nosso mercado... “para ser bem-sucedido, você não pode ser ético”...

 

Rafael, com uma lógica brilhante e inquestionável, colocou em xeque o conceito de "lealdade", usado erroneamente para promover profissionais por conveniência, e não por competência.

 

O depoimento de Chieko foi singelo e significativo: “Eu confesso que estranhei quando me convidaram para falar sobre ética. Ética pra mim é algo tão natural quanto respirar. Não deveria ser necessário este tipo de encontro. Não posso imaginar a mim ou minha empresa tendo condutas não-éticas. Isto faz parte da mim.”

 

Robert respondeu à pergunta do mercado, explicando o conceito de prosperidade consciente e mostrando que ela é fruto de um trabalho interno, no qual o profissional se reconhece, entende suas potencialidades e colabora com o meio, com o objetivo de servir.

 

 

 

 

Claude Machline, Professor Emérito, fundador da EAESP/FGV, encerrou os trabalhos.

 

 

 

Kito Mansano, presidente da AMPRO.

 

Kito Mansano, presidente da AMPRO, anunciou a formação do Conselho de Ética no Live Marketing, que vai colaborar com o Comitê de Ética da AMPRO na criação da Carta de Boas Práticas no Live Marketing, que será apresentada no 2o Congresso de Live Marketing, que será realizado em 2015.

 

Porque sem a ação seguinte, o Fórum foi belíssimo, mas inútil... Vamos ao próximo passo!

 

 

 

 

 

Fotos: Kika Nyari

 

Ficha Técnica:

Realização: Tempos & Movimentos, Comitê de Marketing da ExGV e AMPRO

Apoio: Time for Fun, Live Marketing Cenográfico e ABMR&A

Direção Artística: Dani Fazio

Cenografia: Live Marketing Cenográfico

Luz: Auro Lights

Som: Gabissom

Projeção: Ponto Mídia

Inscrições: NB Consultoria

 





< voltar

Fórum Ética
Notícias, artigos e entrevistas sobre o 1o Fórum de Ética no Live Marketing.
AUTOR



Fortunée Levi
Diretora de Redação da Tempos & Movimentos.